Miguel Blanco e Teresa Bonvalot vencem prova nacional

Posted - News Posted for Portugal News, World Surfing News.

Primeira etapa do circuito europeu de surf júnior arranca na quinta-feira

O vice-campeão nacional de surf Pro Junior (sub-21) em título, Miguel Blanco, confirmou o seu favoritismo ao vencer este Sábado a primeira etapa do circuito da categoria, integrada no Espinho Surf Destination.

10409728_805241149493733_5182092515550280614_n

Blanco, de 18 anos, não só venceu a etapa, como fê-lo em grande estilo, optando por surfar a última bateria do campeonato num pico um pouco mais a norte do que o utilizado pelos restantes finalistas. A surfar sozinho essas ondas, um pouco mais curtas mas bastante intensas, Miguel apanhou as que quis e acabou por conseguir a maior pontuação total do evento – 14.25 pontos em 20 possíveis, bem como a vitória.

“Foi um bom campeonato, com bom surf, sobretudo na final,” afirmou Blanco após a entrega de prémios. “Qualquer um de nós os quatro poderia ter ganho, mas fico feliz por ter sido eu! É uma boa vantagem para enfrentar a segunda etapa e um óptimo treino para o Pro Junior europeu, já a partir de quinta-feira, onde também me quero dar bem,” concluiu o surfista de Cascais.

Miguel Blanco deixou o seu conterrâneo João Kopke em segundo lugar, o ericeirense Tomás Fernandes no terceiro posto e Miguel Madeira, uma das boas surpresas desta prova, no quarto lugar.

10346291_805241162827065_3593996872972753793_n

Surpresa também, as eliminações de Pedro Coelho, Luís Perloiro ou Jácome Correia nos quartos de final, ou a de Guilherme Fonseca nas meias-finais, a par de André Faria, Gonçalo Lima e Tomás Ferreira.

Na prova feminina, a actual líder do ranking nacional sénior, Teresa Bonvalot, de apenas 14 anos, confirmou o bom momento de forma que atravessa, batendo as restantes finalistas com bom surf, mas graças também a uma boa escolha de ondas.

Quando tudo parecia indicar a vitória da ericeirense Carina Duarte (já por três vezes campeã nacional nesta categoria), Teresa apanhou uma boa onda a dois segundos de terminar a bateria e surfou-a irrepreensivelmente, o que lhe valeu a melhor pontuação isolada de todo o campeonato (8 pontos em 10 possíveis) e o consequente primeiro lugar.

Carina Duarte teve de contentar-se com a segunda posição, Constança Coutinho com a terceira e Camilla Kemp com a quarta.

Para Marcelo Martins, director de prova, “a opção de realizar esta etapa do nacional Pro Junior toda num dia acabou por se revelar acertada, pois no Domingo as condições ficaram muito fracas. Embora os atletas tenham feito um esforço extra, assistimos a um excelente nível de surf desde as primeiras fases e a duas finais espectaculares, com surf muito progressivo, o que deixa desde já antever boas prestações dos surfistas portugueses na primeira etapa do circuito Pro Junior europeu, já esta semana. As previsões são óptimas, por isso convido todos a assistirem a outro grande espectáculo de surf em Espinho.”

O culminar do Espinho Surf Destination traz a Portugal, pela primeira vez nos últimos cinco anos, uma etapa deste importante circuito, onde os surfistas portugueses têm assegurado bons resultados e até mesmo a disputa dos títulos.

Esta prova, que se realiza entre 26 e 29 de Junho, será a primeira de quatro etapas masculinas e cinco femininas confirmadas, a contar para a atribuição dos títulos europeus, além da mais valiosa, quer em termos de pontuação, quer de prémio monetário, com duas estrelas de graduação.

A nova imagem ligada ao surf que Espinho pretende conquistar, é ainda reforçada pelo conjunto de iniciativas paralelas às competições, como acções de sensibilização em escolas, exposição de fotografias, aulas de fitness na praia, conferências sobre o surf e o mar, festas sunset, entre outras acções dedicadas ao público.

O Espinho Surf Destination é uma organização do Surf Atitude Clube e da Onda Pura, com o patrocínio do Hotel Praia Golfe, apoios da Câmara Municipal de Espinho, Castros Iluminações e SuperBock, tendo como parceiros oficiais a Federação Portuguesa de Surf, a Association of Surfing Professionals e a Associação Nacional de Surfistas, além do Jornal i como media partner.

Créditos das fotos para: Pedro Ferreira