Brasil quer tomar Copa ISA China da Austrália

Posted - News Posted for Brazil News, World Surfing News.

Confederação Brasileira de Surf mescla experiência com trio de seus mais jovens campeões

François Laplace

Depois de duas vitórias exclusivas da Austrália entre as oito equipes classificadas nas edições anteriores, o Brasil, campeão individual com Michael Rodrigues em 2013, agora quer o título por países no ISA China Cup, primeiro de dois eventos no Hainan Wanning Riyue Bay International Surfing Festival ISA, em Wanning, Ilha de Hainan, entre os próximos dias 23 a 28 deste novembro.

bra_luan_wood02_isa_tweddle-f

Luan Wood (BRA)

O festival de uma semana apresenta a seguir o Hainan Classic, evento quatro estrelas do ASP Qualifying Series, que também será prestigiado pelo quinteto Bruno Galini, baiano “alternate”, os paulistas Deivid Silva e Renato Galvão, Luan Wood, catarinense, e Elivelton Santos, da Paraíba, estes dois últimos respectivamente o atual campeão e vice Sub-18 da International Surfing Association (ISA)

Adalvo Argolo, presidente da Confederação Brasileira de Surf (CBS) se mostra confiante de que esse modelo de cinco atletas para quatro vagas vai valorizar ainda mais a participação brasileira e aumenta as chances de se voltar com o inédito título entre as oito seleções que participarão.

Feras

O paulista de Ubatuba Renato Galvão é o mais experiente e chega respaldado por dois títulos brasileiros de elite, o baiano de Ilhéus Bruno Galini além de terceiro lugar nacional ainda é o mais novo baiano campeão regional profissional.

Deivid Silva, do paulista Guarujá, esse ano sucedeu Luan Wood, no Sub 20 Sul-americano da ASP, enquanto Elivelton Santos, além de vice-campeão mundial Júnior unificou no circuito brasileiro 2014 da CBS esse título Sub 18 com o Open, o que não acontecia desde 2004 quando o catarinense Willian Cardoso fizera o mesmo.

No feminino as paulistas Luana Coutinho e Camila Cassia serão as representantes do Brasil.

As oito equipes nacionais selecionadas são: África do Sul, Austrália, Peru, Brasil, Panamá, Costa Rica, Argentina, e pela primeira vez a China. Cada Seleção novamente  irá incluir quatro melhores homens e duas mulheres por país, que irão competir em equipe e individual por medalhas e a honra de representar suas nações, sete delas que foram as melhores do ISA Games 2013 no Panamá.

A Austrália tem as duas únicas medalhas de ouro no ISA China Cup em 2013 e 2012. Os melhores individuais anteriores foram Philippa Anderson, da Austrália, que venceu o feminino em 2013 e Sofia Mulanovich do Peru em 2012. Entre homens, Michael Rodrigues, cearense bicampeão Open CBS (2011 E 2012), ganhou o ouro em 2013 depois do australiano Heath Joske em 2012.

Qualifying

Após a conclusão do ISA China Cup, o Surfing Festival Internacional continuará com o clássico Hainan de novembro 25-28, a ISA confirmou terá pelo terceiro ano evento quatro estrelas do ASP Qualifying Series com premiação total de noventa e cinco mil dólares . Esta competição histórica será o terceiro evento do ASP na China, produzido pelo ISA, e conta para Qualifying Series Masculino Ranking ASP.  Caio Ibelli foi coroado vencedor do clássico Hainan, em janeiro de 2013. Seu início vitorioso o levou a sua melhor temporada ASP já no ano passado. Em 2012, o irlandês Glenn Hall foi coroado vencedor do evento. Sua vitória no início da temporada o colocou para se qualificar para um lugar no 2013 ASP World Championship Tour. O ISA está esperando um campo de 96 atletas, incluindo um número de surfistas locais chineses.

“A Association of Surfing Professionals (ASP) está animada para mais uma vez estar a trabalhar com a ISA e o grupo Womei de mídia para oferecer uma oportunidade fantástica na parte de trás deste ano para o público chinês, maior da Ásia e os surfistas internacionais, que irão competir para ganhar valiosos  pontos no ranking e prêmio em dinheiro para ajudar a configurar as suas campanhas de 2015 para se qualificar para o ASP World Championship Tour (WCT) “, disse o gerente ASP Australasia Geral Dane Jordan.

Jordan continuou: “As ondas em Riyuewan são de classe mundial em seu dia e este evento vai dar aos surfistas locais chineses à chance de acumular alguns pontos no ranking e testar-se contra alguns surfistas experientes competitivos e os melhores juniores de todo o mundo.”.